Campo visual computadorizado de alto contraste

O exame mostra o campo de visão de cada olho examinado, se este é normal ou se tem falhas absolutas ou relativas.
A maior parte dos exames são realizados em pacientes em investigação ou controle de glaucoma. O exame pode ser feito no aparelho manual ou computadorizado, auxiliando no diagnóstico de doenças retinianas e neurológicas, entre outras.

A perimetria computadorizada é o método padrão para avaliação inicial e acompanhamento dos casos de glaucoma. A perimetria manual fica reservada para situações especiais, como diagnóstico e controle de doenças neurológicas e em pacientes com dificuldades de realizar o exame computadorizado.
Não é necessário anestesia ou dilatação das pupilas, apenas a correção da refração do paciente, para evitar confusão no exame. Por ser um teste subjetivo, exige concentração e reflexos relativamente normais por parte do paciente. A perimetria computadorizada eliminou a influência do examinador na realização do exame, tornando os resultados mais confiáveis.

campovisual

Para a interpretação do exame, é necessário um profundo conhecimento do quadro clínico do paciente, e comparar com os achados da perimetria. Geralmente o primeiro campo visual realizado vai servir de base para comparações futuras, sendo necessário, em alguns casos, a repetição desses achados para um diagnóstico mais preciso.
A perimetria computadorizada usamos um aparelho Humphrey BLUE YELLOW (Zeiss). Os resultados são analisados com programas específicos para avaliação de progressão de GLAUCOMA.